sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Alencorne

Alencorne/Anhuma (Anhima cornuta)

Classe: aves
Ordem: anseriformes
Família: anhimidae

Ave grande da mesma ordem dos patos e marrecos, chega a pesar até 3,2kg.
De acordo com a IUCN o Alencorne possui status de "fora de perigo". Na Amazônia (região de Mamirauá) dizem que, apesar do grande tamanho, a ave nunca é caçada, pois sua carne é muito esponjosa.
Seu habitat são matas de galeria, brejos, matas ciliares, pantanais e áreas abertas adjacentes. É muito comum no lago Mamirauá (de onde a foto foi tirada), onde abunda o capim flutuante e gramíneas nas ressacas e lagos menores.
Vivia originalmente em quase todo o país, mas hoje em dia é mais comum na Amazônia. Também ocorre na Bolívia, Colômbia, Equador, Suriname, ambas as Guianas, Peru e Venezuela.
Vive aos pares e constrói seus ninhos sobre as plantas flutuantes, pondo até 3 ovos.
Se alimenta principalmente de folhas e sementes. Tem como hábito planar a altas altitudes.

Fonte:

Sigrist, T. de A. 2006. Aves do Brasil - uma visão artística
Sick, H. 1997. Ornitologia Brasileira.
www.wikiaves.com
www.iucnredlist.org

3 comentários:

  1. Existem muitas dessas na Região do Lago Mamori há 3 horas de Manaus, em breve teremos grupos para Bird Watching, informações em pousadamamori@hotmail.com / contato@pousadamamori.com

    ResponderExcluir
  2. Muito bom saber, Caio. Se trata de um animal interessante e os turistas gostam bastante.

    ResponderExcluir
  3. Essa ave é bem comum aqui em Goiás, também, aqui a chamamos de Inhuma. Inclusive na capital em areas de brejos é possível vê-las.

    ResponderExcluir